blog/dicas

CHILE: uma terra de contrastes

  • CHILE: uma terra de contrastes

    CHILE: uma terra de contrastes

    Sob um céu de infinitas estrelas descansa o deserto mais árido do mundo! As terras no Atacama, ao norte do Chile, podem ser comparadas ao solo encontrado em Marte, o que deixa o país ainda mais peculiar e aumenta significantemente o interesse dos visitantes. Vulcões, lagos, Salares, Gêiseres e formações rochosas, fazem do deserto mais seco do mundo, um dos lugares mais deslumbrantes do país.
    O destino é ótimo para ser visitado em qualquer época do ano, pois independente do mês, é possível experimentar temperaturas tanto altas, como baixas, visto que a amplitude térmica é uma das principais característica dos desertos, variando de 5°C e 27°C no verão, e  entre 1°C e 25°C no inverno.

    O lugar conta com passeios interessantes e que agradam um público variado, como a visita ao Valle de La Luna, o qual possui formações de sal espetaculares, e o Valle de La Muerte, com uma lagoa para banho de 40% sal, que faz com que quem entre, não afunde!

    O solo árido do Atacama contrasta com o sul gelado e com as belas cidades de colonização Alemã da região dos Lagos. Localizada ao sul do Chile, a Patagônia Chilena é coberta de lagos, glaciares e serras, perfeita para quem procura contato direto com a natureza, caminhadas em locais pouco populosos e todo tipo de turismo ecológico. É possível fazer os passeios  de acordo com as aptidões e objetivos do viajante, pois existem pontos que podem ser visitados a pé, de caiaque, rafting ou com mais conforto, com vans que levam até as principais paisagens, lanchas rápidas e navios mais luxuosos. Também é possível fazer trekkings, escaladas, montanhismo, mountain bike e outras atividades pra lá de radicais.
     
    Um destaque para essa região é o Parque Nacional Torres del Paine, coberto por grandes formações rochosas que tem como principal atrativo a Cordilheira Paine, onde a paisagem é esplendida e é possível avistar alguns animais selvagens, como o ñandu (tipo avestruz), guanaco, huemul (animal símbolo do Chile), condor, entre outros. Diferente da região norte, as temperaturas Na Patagônia Chilena são mais frias, sendo a média para o verão de  9ºC, com dias bem longos, e no inverno de 1ºC, com o dia durando pouco mais de 7 horas. 

    A capital do Chile, Santiago, é a  maior cidade do país, com natureza exuberante, charmosa, moderna, limpa e ostenta o título de maior e mais importante centro financeiro e cultural do país.
    A cidade é cheia de arte e passeios muito interessantes, e o viajante pode completar sua rota com passeios ao Palacio de La Moneda, um dos pontos mais tradicionais do Chile, o Cerro San Cristóbal, famoso por proporcionar uma linda vista panorâmica de Santiago, o Museu Nacional Belas Artes, mais antigo museu da área na América do Sul, Museu de Arte Contemporânea, um dos mais importantes museus do país, e o Shopping Costanera, maior centro comercial e empresarial da América Latina.  

    Além disso, Santiago abriga várias estações de esqui em suas proximidades, onde pode-se aproveitar de esportes com muita diversão. Dentre as melhores e mais procuradas pistas de esporte na neve, estão El Colorado e Valle Nevado, as quais contam com uma incrível estrutura e oferecem inúmeros serviços, todos com muita qualidade e segurança.  
    Para quem gosta de vinhos, vale a pena fazer um passeio pelas famosas vinícolas ao redor de Santiago, especialmente, a vinícola Concha Y Toro, a maior do Chile e uma das mais visitadas do país, e a vinícola Santa Carolina, uma das mais antigas e muito visitada por turistas de todo o mundo. Ambas oferecem o serviço de visita guiada com degustação de vinhos e explicações sobre a história local.
     
    gastronomia do Chile, de forma geral, é uma combinação de deliciosos produtos do mar, variedade de alimentos originários da terra, ingredientes tradicionais, usados pelos povos indígenas, e muita sofisticação no preparo. 
    Pratos ricos em quínoa, frutas tropicais, clássicas empanadas, pastéis de choclo (preparado com grãos de milho), pamonhas, caldos de congrio, tortillas de rescoldo (empanada feita sob brasa e cinzas),  curanto cozimento de mariscos, carnes e batatas que se preparam diretamente em um buraco na terra), e o famoso cordeiro magalhâmico no espeto! No entanto, são destaques inquestionáveis o caldo de congrio, machas a la parmesana (mexilhões) e ostiones al pil pil (ostras com tempero apimentado).
     
    Os turistas brasileiros são isentos de visto por até 90 dias, e apenas o RG com foto de conservação é suficiente para entrar no país. O passaporte não é obrigatório e caso queira alugar algum veículo, é necessário, a apresentação da carteira de habilitação brasileira dentro da validade.

    O idioma local é o espanhol e o inglês é compreendido em alguns estabelecimentos turísticos, no entanto, pouco usado. A moeda local é peso chileno e dólar é aceito na maioria dos pontos turísticos.

    Quer conhecer um pouco mais das belezas chilenas? Venha tomar um café conosco e comece a planejar a sua viagem! São várias opções de voos e nós te ajudamos a escolher o melhor, além de garantir todo conforto e segurança para sua viagem ser fantástica!